Conhecendo o Centro Histórico de Olinda – Pernambuco

Publicado por

Estive em Olinda por 2 vezes, mas apenas na segunda vez separei um tempo para realmente turistar, e foi muito válido! Vou mostrar nesse post, um pouco do maravilhoso Centro Histórico de Olinda e deixar uma listinha do que mais conhecer, caso você for passar mais dias em Recife ou Olinda.

.

Como chegar:

A melhor opção de voo: Aeroporto Internacional do Recife – Guararapes (REC).

.

Hospedagem:

Quem quer se aproximar ainda mais da cultura pernambucana, pode escolher se hospedar no Recife Antigo ou em Olinda, que tem boas opções de pousadas no Centro Histórico.

.

Distâncias:

Tempo e quilometragem de carro medidos através do Google Maps, tendo como ponto principal Recife:

Recife (Boa Viagem) > Centro Histórico de Olinda: 17 km – 30 minutos de viagem.

Recife (aeroporto) > Porto de Galinhas: 61 km – 1 hora de viagem.

Recife (aeroporto) > Praia dos Carneiros: 88 km – 1:30 de viagem.

Recife (aeroporto) > Maragogi: 123 km – 2:00 de viagem.

Recife (aeroporto) > Maceió: 249 km – 3:40 de viagem.

.

O Centro Histórico de Olinda, também conhecido como Cidade Alta, é vizinho de Recife, ficando a apenas 15 minutos de carro do Marco Zero. Dos diversos mirantes de Olinda, podemos avistar Recife e parte de sua orla do alto.

Mirante – Recife ao fundo

Quase 1/3 da área da cidade de Olinda é tombada. Sua preservação começou em 1930, em 1980 o Centro Histórico foi declarado pelo Congresso Nacional um Monumento Nacional e em 1982 foi considerado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Em minha segunda visita ao Centro Histórico de Olinda, optei por fazer um tour guiado para saber mais sobre a história e as curiosidades que só um guia local pode nos contar. Notei que a Agência Olinda Experiences era muito recomendada e entrei em contato com eles. A proprietária Marina, super solícita, me indicou alguns tipos de tours e o que mais me agradou foi o Roteiro Histórico-Contemporâneo. O percurso é feito à pé, tem de 1,5 a 2 km de extensão e duração de 2 a 2h30. O tour guiado custou R$80 e pode ser pago pelo próprio site, via pix ou via transferência bancária.

No roteiro proposto pela agência, conheceremos monumentos históricos, mercados, convento, ateliês, mosteiro, cafés, igrejas, museu, o casario olindense, e vistas não convencionais. É muito top!

Cheia de casarões coloridos e muito conservados, Olinda dá um show de beleza e de preservação de seu patrimônio histórico e cultural.

As fachadas das casas são mantidas pelos próprios moradores, o que é diferente da minha cidade, que fica a cargo da Prefeitura. Essa conservação constante dá descontos nos impostos aos moradores.

Conhecemos um interessante museu, que antes funcionava uma cadeira eclesiástica, o Museu de Arte Contemporânea de Pernambuco (MAC), a antiga Casa de Câmara e Cadeia Pública do Município de Olinda, datado de 1765, foi projetado para ser o Aljube da Diocese, sendo durante todo o período da Inquisição, a única prisão eclesiástica que se tem notícia na história do Brasil.

MAC

Em frente ao Museu, encontramos a Capela de São Bento Advíncula. As janelas da Cadeia era estrategicamente viradas para a Capela, para que os presos pudessem assistir as missas.

Capela de São Bento Advíncula

Chegando no Alto da Sé, encontramos a Catedral de São Salvador do Mundo ou popularmente conhecida como Catedral da Sé, datada de 1540, que é a sede da Arquidiocese de Recife e Olinda.

Sé de Olinda

Em frente à Catedral fica o letreiro OLINDA, feito por artesãos locais. Por não ser algo público, ele não tem manutenções periódicas, mas é um outro local bacana para parar e tirar uma fotinha!

À esquerda, tinha um mirante com uma vista incrível da Cidade Alta e de boa parte de Recife. Quando fui pela primeira vez em Olinda, consegui subir e admirar a vista lá de cima, mas quando retornei agora em 2021, ele estava fechado simplesmente porque a Prefeitura Municipal de Olinda não renovou a concessão. É muito triste pensar que essa gestão não acredita no potencial turístico gigante que a cidade tem.

Já à direita, tem esse mirante maravilhoso com vista para a orla da cidade de Recife e do Recife Antigo. Também tem vários restaurantes com vista para a Catedral da Sé e para Recife.

Recife ao fundo

No tour passamos por diversas ladeiras, principalmente quando estamos descendo a Cidade Alta. Uma das ladeiras mais famosas, é a Ladeira da Misericórdia.

Ficou muito conhecida por ser tão íngreme, a ladeira foi um dos primeiros caminhos utilizados entre o centro da vila de Olinda com o que conhecemos hoje como Varadouro. A importância da via também se mostrava devido à ligação com o “porto dos navios” e a várzea do Capibaribe.

Seu nome é devido por em seu topo, estar a Igreja e Hospital da Santa Casa de Misericórdia, que foi a primeira fundada no Brasil.

Seguindo o tour, entramos em lugares que só a Olinda Experiences nos leva, como mirantes privados e construções antigas com entradas super restritas.

Nosso grupo no tour da Olinda Experience

Conhecemos o maior horto florestal dentro de um Centro Histórico no Brasil. Muito show! Ao fundo, fica o único farol existente em Olinda.

Horto Florestal

Passamos em frente a casa do cantor pernambucano, Alceu Valença. Dizem que ele sempre fica em Olinda e que mora nessa casa há décadas.

Quase no final do tour, seguimos para a Rua São Bento, onde também vamos finalizar o tour em uma cafeteria.

Rua São Bento

Nessa rua fica o Mosteiro de São Bento, todo em estilo barroco. Muito imponente e que tem um maravilhoso altar-mor em cedro todo folheado a ouro, com cerca de 28 quilos.

Finalizamos o tour no Ateliê Arte Marchê Café, que fica na Rua São Bento, bem próximo ao Mosteiro. Nele você vai experimentar o famoso Bolo de Souza Leão, tão famoso na cidade.

Bolo de Souza Leão (foto retirada do instagram da cafeteria)

Concluindo minhas impressões sobre o tour pelo Centro Histórico, só posso dizer que é uma preciosidade e indico demais! Foi quase uma questão de honra retornar a Olinda para fazer isso! Se você ama história do Brasil, curiosidades locais e muita cultura, está no lugar certo. Visite Olinda!

.

PASSEIOS BATE E VOLTA SAINDO DE OLINDA:

– Recife – PE

– Ilha de Itamaracá – PE

– Gravatá – PE

– Cabo de Santo Agostinho – PE

– Porto de Galinhas – PE

– Praia dos Carneiros – PE

– Maragogi – AL

.


Quer conferir todos os posts de destinos nacionais do Blog? Clique aqui!

.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.