Série Destinos Brasileiros

Publicado por

Do nada, uma pandemia mundial. Assustador né?

Início de março desse ano, na minha última viagem antes da pandemia, ninguém poderia calcular os estragos causados e que ainda vão causar, uma vez que não chegará ao final, até que tenhamos de fato uma vacina.

Apesar da flexibilização do comércio, muitos lugares estão longe de abaixar a curva de crescimento do vírus. Infelizmente, abrir para atividades essenciais e algumas não tão essenciais, se tornou caso de vida ou morte, literalmente. Vida para que empresas não cheguem a falir e morte porque tudo isso pode ocasionar um aumento significativo na curva e em consequência, a morte de muitos outros. Na data que estou escrevendo esse post (31/07/2020), temos pouco mais de 2,6 milhões de brasileiros que foram contaminados, cerca de 1,8 milhão se recuperaram, mas perdemos até o momento 91,4 mil vidas brasileiras para esse vírus. Atualmente somos o 2º país do mundo com mais casos de contaminados e de mortos, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que tem aproximadamente o dobro de casos do Brasil.

O setor mais afetado com toda essa pandemia, foi sem dúvida o do turismo. Agências emissivas e receptivas, guias, atrativos turísticos, locadoras de carro, hotéis, restaurantes… pode ser que muitos não tenham aguentado o baque e que tenham fechado suas portas nesses últimos 4 meses de pandemia com absolutamente tudo em lockdown no setor. Cidades do Brasil que tem o turismo como principal fonte de renda, estão sofrendo e pedindo ajuda através de vakinhas virtuais, doações de cestas básicas para população, dentre outros meios de ajuda.

Muitas cidades abriram sem o devido planejamento e fecharam novamente. Outras, ensaiam abrir agora em agosto, com precaução e atenção aos protocolos sanitários, mas nada disso, infelizmente, pode assegurar ao turista 100% de chance de não contrair covid-19. Ao meu ver, viajar esse ano, ainda é um risco muito grande. Creio que me sentirei segura somente quando a vacina sair e toda a população for vacinada.

Vários países estão com restrições para receber brasileiros e isso vai continuar até que a pandemia esteja devidamente controlada aqui. Isso depende muito da população! Se cada um fizer sua parte, vamos nos recuperar logo desse pesadelo.

Pensando nesse futuro, que as viagens nacionais serão nosso escape para descansar e espairecer depois que tudo isso passar, resolvi criar um projeto para fomentar o turismo em destinos nacionais pós pandemia. O projeto, que na verdade, é uma série de lives que ficarão salvas no IGTV do meu Instagram @tripsdapam, se chama: Série Destinos Brasileiros. Me propus inicialmente a fazer 20 lives, com pouco mais de 20 convidados, falando de 20 destinos brasileiros que os convidados se apaixonaram ao visitar. Essa série está disponível integralmente no meu IGTV.

.

Abaixo vou listar as lives, os convidados e os destinos que cada um escolheu:

1ª semana:

2ª semana:

3ª semana:

4ª semana:

5ª semana:

6ª semana:

7ª semana:

8ª semana:

9ª semana:

10ª semana:


Gostaria de agradecer de coração à todos os amigos influenciadores que toparam me ajudar a fazer essa série! Sem vocês, nada disso seria possível!

Espero que todo esse conteúdo produzido possa de alguma forma, ajudar quem esteja planejando conhecer esses destinos, mas sigo reforçando que ainda não é o momento de viajar pelo Brasil, muito menos pelo mundo. O momento agora é de ficar em casa e cuidar de quem a gente ama! Lavem bem as mãos, usem máscara e álcool em gel, isso pode salvar vidas!


Quer conferir todos os posts de destinos nacionais do Blog? CLIQUE AQUI!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.