Colonia del Sacramento – Uruguai

Publicado por

Colonia del Sacramento é uma cidade marcada por muita história e mistérios, e neste post contarei como foi conhecer a cidade mais charmosa do Uruguai!

IDIOMA: espanhol.

MOEDA: peso uruguaio (UYU).

CÂMBIO: R$1 = $8 pesos uruguaios.

PERÍODO DA VIAGEM: 19 à 20 de abril de 2015 – outono.

POST >> Confira abaixo as cidades uruguaias que passamos nessa viagem:

MONTEVIDÉU | PUNTA DEL ESTE |

 

1º dia – Ida de Montevidéu para Colonia del Sacramento:

Nosso dia começou de malas prontas, já que nosso próximo destino era Colonia del Sacramento, a cidade uruguaia mais próxima de Buenos Aires, apenas 50 km atravessando o Rio de la Plata com uma embarcação. Colonia fica a 180 km de Montevidéu, cerca de 2 horas de viagem, com a estrada bem tranquila.

Utilizamos os serviços do mesmo taxista (que não irei indicar porque não fez um bom trabalho), mas seguimos na direção oposta a Punta del Este. Passamos na cidade de Puntas de Valdez para trocar pesos, comprar água e visitarmos a Catedral que fica na praça central da cidade.

DCIM101GOPRO
Catedral de Puntas de Valdez
DCIM101GOPRO
Catedral de Puntas de Valdez – dentro

Seguindo viagem, mais ou menos 1:30 depois, chegamos na entrada de Colonia del Sacramento, toda margeada por coqueiros imperiais. Linda!

DCIM101GOPRO
Colonia del Sacramento – entrada

Você sabia que a cidade foi colonizada por portugueses? Na época do Tratado de Tordesilhas, Colonia era um importante ponto disputado por Portugal e Espanha. Portanto, foi colonizada por portugueses, mas depois foi conquistada pelos espanhóis. A arquitetura tem característica dos dois povos, tornando Colonia um lugar ainda mais interessante. As construções com tijolos são herança dos espanhóis e as construções com pedras, dos portugueses. No Barrio Histórico ainda é possível conhecer a parte amuralhada que está em ótimas condições.

Deixamos nossas malas no Hostel El Viajeiro, afinal, íamos passar a noite em Colonia e depois partimos para conhecer os pontos turísticos.

Primeira parada foi na Plaza de Toros em Real de San Carlos, local onde antigamente eram praticadas as famosas touradas espanholas. Visitamos somente por fora, já que o acesso a parte de dentro não é mais permitido. Logo ao lado, fica o Museo del Ferrocarril (de trens antigos), outro local legal para visitação.

DCIM101GOPRO
Plaza de Toros

Depois partimos para o Barrio Histórico de Colonia. Almoçamos no Restaurante Pulpería de los Faroles, com vista para os principais pontos turísticos do Barrio Histórico. Indico a milanesa, que estava divina!

DCIM101GOPRO
Barrio Histórico – Restaurante Pulpería de los Faroles

Após o almoço fomos conhecer de perto o Barrio Histórico, que é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1995.

DCIM101GOPRO
Ruínas do Convento e Farol de Colonia

Começamos pelas Ruínas do Convento de San Francisco e as ruelas aconchegantes, cheias de flores e carros antigos abandonados.

DCIM101GOPRO
Ruas de Colonia

Colonia del Sacramento tem duas ruas principais: Calle de San Francisco e Calle de los Suspiros. Na Calle San Francisco, é onde se encontram o Farol e as Ruínas do Convento de San Francisco, bem no miolo do Barrio Histórico da cidade.

DCIM101GOPRO
Calle San Francisco

A Calle de los Suspiros fica à beira-rio, cerca de 2 minutos caminhando da Calle San Francisco. Dizem que o nome da rua, vem da lenda que diz que por ali passavam os condenados que eram levados até o rio para serem fuzilados e davam os últimos suspiros enquanto caminhavam para a morte.

DCIM101GOPRO
Calle de los Suspiros

Em seguida fomos conhecer a parte beira-rio, banhada pelo Rio de la Plata. Passeamos até a parte da Muralha, onde se encontra o Portón de Campo, que era considerado a entrada da cidade antigamente.

DCIM101GOPRO
Portón de Campo

Costumam dizer que é o ponto de partida para a visitação do Barrio Histórico. Observem na foto abaixo como essa parte das muralhas está conservada!

IMG_1221
Portón de Campo – muralhas

Passamos em frente a Plaza Mayor e continuamos caminhando em direção às Ruínas. Se posso dar uma dica, a dica é: perca-se pelas ruelas de Colonia. Uma mais encantadora que a outra.

IMG_1224
Ruas de Colonia
IMG_1201
Ruas de Colonia

Retornamos para as Ruínas do Convento, para subir no Farol de Colonia e presenciar um dos pores do sol mais bonitos da minha vida.

IMG_1370
Farol de Colonia e Ruínas do Convento de San Francisco

A subida ao Farol custou $20 pesos uruguaios e valeu demais! Vocês não tem noção da energia daquele lugar. Do alto, avistamos vários pontos turísticos:

IMG_1234
Plaza Mayor – vista de cima do Farol
IMG_1235
Terminal Fluvial, ao fundo – vista de cima do Farol

Deixem sempre para subir no alto do Farol próximo ao horário do pôr do sol, porque é simplesmente fantástico!

IMG_1251
Farol de Colonia – pôr do sol no Rio de la Plata

Logo após o pôr do sol, ainda demos umas voltas pelo Barrio Histórico e paramos na Calle de Portugal para descansar em um barzinho.

IMG_1323
Calle Portugal

Em frente a ele, também na Calle Portugal, está a Basílica do Santíssimo Sacramento, construída em 1680 e considerada a Igreja mais antiga do Uruguai.

IMG_1261
Calle de Portugal – Basílica do Santíssimo Sacramento
IMG_1274
Basílica do Santíssimo Sacramento
IMG_1267
Basílica do Santíssimo Sacramento – dentro

Logo após o jantar, retornamos ao hostel. Dormimos em quarto compartilhado com banheiro privativo. Éramos 5 amigas e tinha mais uma brasileira no nosso quarto.

Gostaria de dizer que essa foi a minha primeira experiência em hostel e não achei positiva. O ralo do box entupiu e a água transbordou quase molhando o quarto todo. Mas como era somente por uma noite que ficaríamos alí, deu para aguentar. Se fossemos ficar mais tempo, com certeza correria para o hotel mais próximo!

 

2º dia – Ida de Colonia del Sacramento para Buenos Aires:

Mais uma vez arrumamos nossas malas e partimos bem cedo para o Terminal Fluvial de Colonia, onde pegaríamos o Buquebus (embarcação que faz o trajeto de 50 km de Colonia del Sacramento para Buenos Aires pelo Rio de la Plata). O Terminal é super organizado! Parecia que estávamos em um aeroporto mesmo. Muito bacana! Ainda não tinha viajado de um país a outro em embarcação.

IMG_1374
Buquebus

No trajeto balança um pouco e para quem sente enjoo, como eu, aconselho tomar dramin ou plasil, para não estragar a viagem. O trajeto até Buenos Aires é de aproximadamente 1 hora.

DCIM101GOPRO
Buquebus – dentro

Pagamos menos de R$100 pela travessia (não me lembro com exatidão), mas é importante lembrar que estes bilhetes podem ser comprados com antecedência no Terminal de ônibus de Montevidéu, pelo site da Buquebus ou no Terminal Fluvial em Colonia del Sacramento. Porém, fique atento! Deixar para última hora, pode atrapalhar sua viagem.

 

POST >> Quer saber como foi a continuação dessa viagem em Buenos Aires? Então, clique aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.