10 lugares para conhecer Goiânia-GO

Publicado por

Ahhh, Goiânia! Como eu nunca tive a ideia de turistar por você?

É uma cidade bonita, planejada e bem arborizada. Possui ótimos parques, barzinhos, boates e restaurantes. Você irá se apaixonar facilmente por ela, pode acreditar…

 

CLIMA: na maior parte do ano é quente, muito quente. Se o seu intuito for turistar pela cidade, eu indicaria ir do meio de maio até final de agosto, pois, o clima está bem mais ameno e o risco de enfrentar aquele calorzão típico de Goiânia, é baixo.

IMPORTANTE: independente da época que for visitar Goiânia, passe filtro solar e renove sempre, hidrate-se bastante e não se esqueça do protetor labial, porque mesmo sem calor, a cidade é seca e abafada. A fama de Goiânia é o seu calor insuportável, mas como fui agora no inverno, estava tranquilo caminhar, mesmo estando um pouco quente.

 

Nesse post, vou listar 10 lugares que você pode conhecer em 1 dia na capital do Estado de Goiás. Se passar um final de semana, dá para conhecer todos os pontos turísticos mais interessantes da cidade, incluindo os parques…

 

1- PRAÇA CÍVICA:

REMQE9663

Popularmente conhecida como Praça Cívica, a Praça Dr. Pedro Ludovico Teixeira está localizada no centro histórico de Goiânia e possui monumentos, museus, edifícios do governo, o Palácio das Esmeraldas e o Palácio Pedro Ludovico (maior prédio).

LAUNE5055
Palácio das Esmeraldas e Palácio Pedro Ludovico vistos do centro da Praça Cívica

Entrada: gratuita.

Funcionamento: aberta à visitação 24h por dia. Não é recomendado visitar no final da tarde e a noite. Pode ser perigoso!

 

2- MONUMENTO ÀS TRÊS RAÇAS:

HRXJE1726

Situado exatamente no centro da Praça Cívica, o Monumento a Goiânia, popularmente conhecido como Monumento Às Três Raças, é uma homenagem a miscigenação entre as etnias branca, negra e indígena, que deu origem ao povo goiano. O monumento que pesa cerca de 300 kg e tem 7 metros de altura, foi feito em bronze e granito por Neusa Morais em 1968.

ROLWE0272

Entrada: gratuita.

Funcionamento: aberto à visitação 24h por dia.

 

3- PALÁCIO DAS ESMERALDAS:

JMGGE2038

Residência oficial do Governador do Estado de Goiás desde 1937, o Palácio das Esmeraldas também está situado na Praça Cívica, bem em frente ao Monumento Às Três Raças. Recebe esse nome, devida sua cor verde-esmeralda, mantida desde a sua fundação.

WDJDE8048

Ainda deu tempo de fazer uma visitinha pro Governador Ronaldo Caiado! haha

20190628_114258_009

Entrada: gratuita.

Funcionamento: no momento, não existe visitação interna, mas a externa, é de 24h por dia.

 

4- PALÁCIO PEDRO LUDOVICO:

IJLXE0805

Antigamente conhecido como Centro Administrativo, o Palácio Pedro Ludovico tem 10 andares e pode ser avistado de qualquer ponto da Praça Cívica. Está situado atrás do Palácio das Esmeraldas e é nele se concentra toda a contabilidade e administração financeira do Estado de Goiás.

Entrada: gratuita.

Funcionamento: 08:00 às 18:00 (2ª à 6ª feira) e fechado aos finais de semana.

 

5- CATEDRAL METROPOLITANA DE GOIÂNIA:

ROGCE6843

A Catedral Metropolitana Nossa Senhora Auxiliadora também está situada no centro da cidade. Sede da Arquidiocese de Goiânia, foi criada pelo Papa Pio XII em março de 1956. A passarela de coqueiros dá um tchan nas fotos em frente a Catedral. Achei lindo!

Para saber mais sobre os horários da missa, visite o site oficial.

Entrada: gratuita.

Funcionamento: Clique aqui para saber de todos os horários das missas.

 

6- BOSQUE DOS BURITIS:

O mais antigo patrimônio paisagístico de Goiânia, é também o parque mais antigo da cidade. Eu fiquei muito encantada e nunca imaginei que acharia um lugar tão lindo no meio de todo o caos de Goiânia.

Entrada: gratuita.

Funcionamento: aberto à visitação 24h por dia.

 

7- PRAÇA DO SOL:

MBGWE2086

Achei essa praça muito bonitinha. Tão tranquila, que por alguns minutos me senti em uma cidade de interior. Lá tem quiosques, bastante espaço para andar de patins, patinete, skate. Creio que aos finais de semana deve ser bem frequentada pelos moradores.

RSYLE7697

É nela que vocês irão encontrar o letreiro escrito EU ♥ GOIÂNIA. Vale a pena dar uma passadinha por lá e aproveitar para registrar um momento com o letreiro.

Entrada: gratuita.

Funcionamento: aberto à visitação 24h por dia.

 

8- MEMORIAL DO CERRADO:

ACEOE2097

Situado no Campus II da PUC Goiás, o Memorial do Cerrado é o lugar que mais me encantou nesse dia. É uma exposição sobre o cerrado e sua ocupação, com cenários naturais de animais, plantas e habitações primitivas.

 

O Memorial do Cerrado está dividido em 5 setores diferentes:

Museu de História Natural: mantido pela Fundação Aroeira, o museu retrata desde a origem da Terra até a chegada dos portugueses ao Brasil.

Muita atenção aos animais empalhados! Fiquei literalmente chocada com tudo! Importante citar que não foram mortos para serem empalhados e expostos no Museu, e sim, morreram de morte natural, e então foram empalhados.

 

Cidade Cenográfica: na Vila Cenográfica de Santa Luzia, a gente tem a real impressão de que voltou centenas de anos no tempo.

unnamed (1)

unnamed

Eles retrataram fielmente, em tamanho original, os primeiros povoados português que existiram no período colonial, com direto a alambiques, oficinas, moendas, prefeitura, cadeia e igrejinha. Tudo muito lindo!

snapseed

Cada casinha dessas aí acima, representavam um lugar da cidade. Abaixo mostro elas por dentro! São muito fooooofas, gente! 🙂

 

Fazenda – Engenho de Cana de Açúcar: E a perfeição dessa parte? Sério! Só estando para crer e “bugar” o cérebro com uma réplica tão incrível…

unnamed (1)

Poderia fechar os olhos e sentir até mesmo o clima de fazenda, em um local dentro de Goiânia, totalmente construído do zero, porém, com uma riqueza de detalhes impressionante para parecer real.

 

Quilombo: local onde os escravos que fugiam da escravidão, se refugiavam. O estado de Goiás possui diversos Quilombos até hoje, mas agora, vivendo do turismo e da história.

IMG_6153

Bons exemplos, são alguns Quilombos que administram o acesso a cachoeiras na Chapada dos Veadeiros, como a Cachoeira de Santa Bárbara, a mais famosa da Chapada. A renda é toda revertida para a melhoria dos moradores e manutenção das trilhas para as cachoeiras.

 

Aldeia Indígena: retratando as aldeias indígenas Timbira, ela tem um formato circular e que todas as estradas levam ao meio.

IMG_6165

Impressionante a riqueza de cada detalhe, de cada oca. Achei maravilhoso!

IMG_6189

 

Ao final do passeio, retornamos para o local que o iniciamos e passamos por essas casinhas fofas! Na verdade, esse lugar é todo assim: cheio de lugares fofos!

IMG_6206

Não deixem de conhecer esse lugar incrível em Goiânia. Diria até, que é um passeio imperdível quando estiver por lá!

Entrada: R$12 inteira e R$6 meia.

Tempo gasto: estimado em 1:30 de visitação, mas fiz em 1:10.

Funcionamento: 3ª à sábado – 08:00 às 17:00 e fechado às segundas e domingos.

 

9- CENTRO CULTURAL OSCAR NIEMEYER:

Ideal para passar a tarde. No local proibido que adultos andem de bicicleta, mas a bicicleta para crianças é liberada. Adultos e crianças pode andar de patins, patinete e skate no gigantesco espaço de convivência. Subir drones e pipas também não é autorizado!

Fui próximo ao pôr do sol e ganhei um presentão lindo, registrei esse pôr do sol com 142236586 fotos. haha

snapseed-3

No Centro Cultural Oscar Niemeyer encontramos:

– Esplanada JK

– Circuito Cultural

– Cineclube

– Orquestra Filarmônica de Goiás

– Museu de Arte Contemporânea de Goiás

– Palácio da Música

 

Para saber mais, visite o site oficial!

Entrada: gratuita.

Funcionamento: 07:00 à 00:00 (domingo e segunda-feira), 07:00 à 01:00 (terça à quinta-feira) e 07:00 às 02:00 (sexta e sábado).

 

10- FESTIVAL VILLA MIX GOIÂNIA:

download
Imagem retirada do google

Que Goiânia é o berço do sertanejo ninguém duvida, mas você sabia que a cidade abriga o maior festival de música sertaneja do país? O Festival Villa Mix acontece geralmente no final do mês de junho, justamente na estação mais fresca. Já fui e recomendo muito, caso você seja um apaixonado por festivais. No Villa Mix não rola só sertanejo, esse ano por exemplo, nomes como Anitta, Alok, JetLag e a atração internacional Liam Paine, marcaram presença. Além dos queridinhos Jorge & Mateus, Gusttavo Lima, Wesley Safadão, Bruno & Marrone, entre outros, que já são presença confirmada todos os anos.

Em edições anteriores, artistas internacionais como Demi Lovatto, Nick Jonas, Shawn Mendes, Maluma, Fifth Harmony, J Balvin também já passaram pelo Villa Mix.

Por dois anos, o festival emplacou o título, atribuído pelo Guinness Book (Livro dos Records), como maior palco do mundo. O palco de 2018, superou seu próprio recorde, que havia sido batido primeiramente em 2015.

palco2017
Imagem retirada do site do Villa Mix

Vale ressaltar que o sucesso do 1º Festival Villa Mix foi tão grande, que hoje existem festivais pelo Brasil todo, comprovando que Goiás sabe fazer bem feito!

 

BÔNUS:

Dica de Restaurante: Las Nenas Bistrô

Endereço: Avenida 136, nº 20 – Setor Marista

Entrada: Saladinha de alface, tomate cereja e cenoura com molho de mostarda e mel (não deu tempo de tirar foto porque a fome estava demais hahaha)

Prato principal: Risoto de gorgonzola e nozes + Filé mignon ao molho roti

Sobremesa: Verrine de cheesecake de frutas vermelhas

 

Espero que tenham gostado das dicas!

Goiás é um estado lindo, que merece muito ser explorado!


Quer conferir todos os posts de destinos nacionais do Blog? Clique aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.