1 dia na Cidade do Panamá – o que fazer? – Panamá

Publicado por

Depois de muito sonhar, coloquei em prática o meu plano de conhecer o Canal do Panamá. Eu e 3 amigos estávamos planejando uma viagem para Punta Cana – República Dominicana, então compramos as passagens pela cia aérea panamenha Copa Airlines, que incentiva bastante o turismo no Panamá.

POST >> Quer saber como foi minha viagem para Punta Cana? Clique aqui!

IDIOMA: espanhol.

PERÍODO DA VIAGEM: 09 à 10 de novembro de 2016.

MOEDA: balboa (PAB) e dólar americano (USD). Eles tem valores equivalentes.

A Copa Airlines oferece um serviço em que você pode fazer um stop over de 24 horas ou um pouco mais, onde ela paga até a hospedagem (em alguns casos), para que você possa conhecer melhor a capital do Panamá. Mas esse não foi exatamente o nosso caso… tivemos muita sorte, pois havia voo direto Panamá > Brasília no outro dia por um preço bem bacana.

 

IMPORTANTE: antes de se programar para fazer uma viagem ao Panamá, é necessário lembrar que o CERTIFICADO INTERNACIONAL DE VACINAÇÃO OU PROFILAXIA é obrigatório para ter acesso ao país. Se você ainda não tem um, clicando aqui ensino todos os passos para adquirir o seu.

CIPV

 

1º dia – CITY TOUR – Canal do Panamá, BioMuseo, Casco Viejo ou Casco Antiguo, Arco Chato, Cinta Costera e Letreiro Panamá:

IMG_5508
Vista aérea da Cidade do Panamá

Na volta de Punta Cana, desembarcamos no Aeroporto Internacional Tocumen (PTY) às 08:00 da manhã. O Sr. Orville Kelly já estava nos esperando na área de desembarque. Contratamos os serviços de locomoção, transfer e guia de sua empresa para nos levar em alguns lugares na Cidade do Panamá. Ele fala muito bem português e responde rapidamente pelo e-mail: kellyorvill@yahoo.com ou pelo whatsapp: +50 76500-8815. Ele foi nos recepcionar e apresentar ao nosso guia, o Marcelinho, que foi quem nos acompanhou em todos os lugares. Ótima pessoa e super atencioso!

IMG_5517
F&F Tower avistada de dentro do carro

Éramos duas pessoas e nos foi cobrado US$108 dólares para buscar no aeroporto, ficar por nossa conta até a hora do almoço e no outro dia nos levar até o aeroporto novamente na hora do almoço. Gostaria de ressaltar que transporte no Panamá é um pouco caro e que o aeroporto e os pontos turísticos são um pouco longe uns dos outros. Portanto, para ganhar tempo e economizar dinheiro, contratamos esse serviço.

Saindo do aeroporto fomos diretamente para o hotel. Escolhemos ficar no Hotel Ojos del Rio, que tem ótima localização, bem no centro da Cidade do Panamá.

Partimos para o Canal do Panamá e antes de chegarmos, o Marcelinho nos deu uma excelente notícia! Disse: vamos correr porque tem um navio começando a travessia nesse momento. Demos muita sorte!

Já na bilheteria, pagamos US$15 dólares para entrar e exatamente às 09:30, estávamos sentados nas cadeiras em uma espécie de auditório assistindo tudo.

IMG_5687
Canal do Panamá – ingresso
IMG_5531
Canal do Panamá – Eclusas de Miraflores

Digo assistindo porque é realmente uma atração a parte. Enquanto o navio está passando, tem uma pessoa narrando qual a sua procedência, para onde está indo, o que está levando, quanto tempo vai durar a viagem, quantidade de pessoas na tripulação, quanto pagou pela travessia, etc.

DCIM146GOPRO
Canal do Panamá – à esquerda da foto ficam as cadeiras que mencionei

O navio que presenciamos a travessia pagou US$1.000.000,00 de dólares, isso mesmo, 1 milhão de dólares. Mas acreditem, atravessar o Canal do Panamá fica ainda mais barato do que dar a volta lá embaixo da América do Sul.

IMG_5689
Canal do Panamá

Ter a oportunidade de presenciar tudo isso foi muito legal e eu realizei mais um sonho de infância. Ficamos no Canal quase 1 hora vendo a travessia, filmando e tirando fotos. Ao final, passamos na lojinha de souvenir  que fica no térreo.

DCIM146GOPRO
Canal do Panamá

Do Canal do Panamá seguimos para o BioMuseo, o mais novo museu da cidade, que é assinado pelo arquiteto canadense Frank Gehry, o mesmo arquiteto de Dancing House em Praga – República Tcheca. O BioMuseo faz um chamado à conservação da biodiversidade do planeta e foi inaugurado em agosto de 2016. Realmente nota-se que tudo é muito novo por lá. O aquário mesmo ainda está em fase de construção e pretendo voltar para conhecer quando estiver pronto. Nele, terão peixes da costa litorânea do Panamá e até tubarões.

DCIM146GOPRO
BioMuseo – frente

Na bilheteria compramos o ingresso por $5 balboas e escolhemos conhecer a “Exibición Temporal – Panamá: Puente de Vida” que contava a história do Panamá, além de visitar algumas outras partes do museu. Se não me engano, a visita completa saía por $10 balboas e demorava cerca de 2 horas, mas como o nosso tempo estava corrido, conhecemos somente a exposição mesmo.

IMG_5575
BioMuseo – ingresso

Ficamos por lá quase 1 hora conhecendo tudo. A parte externa do museu tem uma das vistas mais lindas da Cidade do Panamá. Valeu demais a visita!

DCIM146GOPRO
BioMuseo – parte externa

Saindo do BioMuseo, fomos para Casco Viejo ou Casco Antiguo. Trata-se da parte histórica da Cidade do Panamá e na boa, para quem curte história, é parada obrigatória!

15027889_1542844872399207_2113502277605582236_n
Ruas do Casco Viejo ou Casco Antiguo

Como já estava perto das 13h, paramos em um restaurante bastante recomendado pelo Trip Advisor, o Tantalo. Lugar agradabilíssimo, de comida com um tempero todo especial e ótimo atendimento. Lembro que a conta foi um preço camarada e de quebra, ainda comi o salmão mais gostoso da viagem toda. Foi ótimo!

IMG_5588
Tantalo

Após o almoço fomos conhecer um pouco da história do lugar. Primeira parada foi no antigo Convento de Santo Domingo, mais conhecido como Arco Chato.

14947893_1536636726353355_7161637249178956074_n
Arco Chato

Ele é um arco de pedra, do tipo muito utilizado pelos romanos, e que servia para sustentar o teto (na verdade, o coro).

18582400_307195646397012_80561282758635777_n
Arco Chato – dentro

De lá, fomos à Plaza Bolívar, onde se encontra a Iglesia San Francisco de Assis e só depois fomos para a Plaza de la Independencia, onde fica a famosa Catedral Metropolitana Santa Maria la Antigua, a Patrona das Arquidioceses desde 1.999. Uma pena essa praça estar com boa parte sendo reformada.

IMG_5592
Catedral Metropolitana Santa Maria la Antigua

Não conseguimos ter acesso a quase nada. Mas bem ali, naquela região, existem várias lojinhas de souvenir com bons preços, para quem gosta de visitar o local e sempre levar uma recordação. Pelos muros também encontramos diversas mensagens!

 

Descemos para a parte da orla e começamos o tour pelo Mercado de Mariscos. Quando fiz a pesquisa, esqueceram de mencionar que o cheiro de peixes e mariscos no local chega a ser insuportável. Já entrei em vários Mercados em cidades que estive, mas infelizmente nesse não conseguimos. Então, descemos para conhecer a Cinta Costera, parte mais linda da cidade.

IMG_5643
Mercado de Mariscos

Bem no comecinho da Cinta Costera está o Relógio de Flores, muito parecido com o de Viña del Mar – Chile, e que também rende fotos bem lindas. De 1 em 1 hora ele soa avisando.

18671091_307195773063666_8964987131039870468_n
Relógio de Flores – Cinta Costera

Logo ali, também fica o Mirador del Pacífico, que tem vista de toda a Orla da Cidade do Panamá, com todos os arranha-céus maravilhosos. É realmente muito lindo!

18671117_307195903063653_7766147450349532255_n
Vista da Cinta Costera

Esse dia estava muito quente. Pegamos quase 35º e as raspadinhas de gelo com xarope e leite condensado bem famosas na Cinta, são uma ótima opção para refrescar. Ficamos por ali sentadas, conversando com o vendedor de raspadinha e dando uma descansada. Ele é colombiano e nos contou que muitos colombianos migram para o Panamá para terem melhores condições de vida, já que a moeda panamenha, o balboa, é tão valorizada quanto o dólar: 1 balboa = US$1.

IMG_5657
Raspadinha – Cinta Costera

Depois da raspadinha, continuamos nossa caminhada pela Cinta Costera. Próxima parada foi o famoso Letreiro Panamá, que está no google maps como Parador Fotografico (caso queiram procurar). Bem em frente ao letreiro há uma fonte linda e ao fundo uma vista incrível dos arranha-céus.

DCIM146GOPRO
Letreiro Panamá – Parador Fotografico

Seguindo em linha reta, vocês irão encontrar todos esses pontos que estou citando. É muito fácil andar pela Cinta Costera. Logo mais a frente, bem próximo, fica o monumento em homenagem a Vasco Nuñes de Balboa, “descobridor do Oceano Pacífico”, no canteiro central da avenida.

IMG_5682
Monumento em homenagem à Vasco Nuñes de Balboa

Já eram 18:00 e nós estávamos muito cansadas, já que acordamos 3 da manhã para pegar o voo das 6:20 de Punta Cana para a Cidade do Panamá e devido ao sol castigante durante todo o dia. Por isso, fomos para o hotel descansar. Atravessamos a passarela e andamos mais ou menos 15 minutos até o nosso hotel.

Chegando ao Hotel Ojos del Rio, descobrimos que ele possui um ótimo restaurante no último andar e nossos planos de conhecer o Hard Rock Café Panamá foram por água abaixo. No restaurante do hotel você pode fazer todas as refeições do dia e estava tudo uma delícia. Jantamos e fomos descansar!

 

2º dia – VOLTA PARA O BRASIL:

Acordamos sem ânimo para nada, já que era o 9º dia de viagem. Só ficamos descansando e arrumando as malas para voltar. Almoçamos no quarto mesmo e pontualmente às 12:00, o Marcelinho passou para nos buscar. Fizemos check out e partimos para o Aeroporto Internacional Tocumen (PTY).

IMPORTANTE: a área de embarque do Aeroporto da Cidade do Panamá é um outlet gigantesco. Tem muitas lojas onde se é vendido de tudo e com ótimos preços. Se forem fazer conexão lá, pesquisem os preços na ida, chegando ao seu destino compare. Pode dar uma boa economizada fazendo essa pesquisa e comprando na volta.

Finalizo dizendo que a Cidade do Panamá não se resume ao Canal do Panamá. Tem muito lugar interessante e cheio de história esperando por vocês. Não deixem de visitar! Futuramente eu quero voltar para conhecer a parte caribenha do Panamá, a famosa San Blás e também Bocas del Toro.

4 comentários

  1. oi, estou programando minha viagem para o panama e tambem vou ficar hospedado no hotel ojos del rio, pergunto se a segunda parte do passeio pela orla pode ser feita a é ou fica muito cansativo?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.