10 lugares para conhecer em Recife – Pernambuco

Publicado por

Estive em Recife por 2 vezes, mas apenas na segunda vez separei um tempo para realmente turistar, e foi muito válido! Vou mostrar nesse post, 10 lugares para conhecer em Recife e vou deixar uma listinha do que mais conhecer, caso você for passar mais dias na capital pernambucana.

.

Como chegar:

A melhor opção de voo: Aeroporto Internacional do Recife – Guararapes (REC).

.

Hospedagem:

A melhor localização para se hospedar em Recife é entre a Praia de Boa Viagem e a Praia do Pina, região onde estão a grande maioria dos hotéis e pousadas da cidade. Geralmente, os hotéis desse bairro ficam de frente para a praia, além de terem ótima estrutura, também tem boas opções de restaurantes, cafeterias, lojas, mercados e shoppings.

Quem quer se aproximar ainda mais da cultura pernambucana, pode escolher se hospedar no Recife Antigo ou em Olinda, que tem boas opções de pousadas no Centro Histórico.

.

Distâncias:

Tempo e quilometragem de carro medidos através do Google Maps:

Recife (Boa Viagem) > Centro Histórico de Olinda: 17 km – 30 minutos de viagem.

Recife (aeroporto) > Porto de Galinhas: 61 km – 1 hora de viagem.

Recife (aeroporto) > Praia dos Carneiros: 88 km – 1:30 de viagem.

Recife (aeroporto) > Maragogi: 123 km – 2:00 de viagem.

Recife (aeroporto) > Maceió: 249 km – 3:40 de viagem.

.

10 lugares para conhecer em recife-pe:

1- PRAÇA DO MARCO ZERO

Situada na região portuária de Recife, a Praça Rio Branco, popularmente conhecida como Praça do Marco Zero, foi completamente revitalizada no ano 2000, em comemoração aos 500 anos do Descobrimento do Brasil.

Recife Antigo (foto retirada do google)

A partir do Marco Zero é que são feitas todas as medidas oficiais de distâncias rodoviárias do estado de Pernambuco.

Praça do Marco Zero

É lá que você vai tirar a foto no letreiro RECIFE e no Marco Zero no centro da Praça, além da Moldura de fotos super bacana que colocaram próximo ao Centro de Artesanato Pernambuco.

Letreiro
Moldura

.

2- CENTRO DE ARTESANATO PERNAMBUCO – UNIDADE RECIFE

Pensem num lugar que a parada é obrigatória!

Teria sido a minha última parada na Praça do Marco Zero, mas foi a primeira devido à chuva que estava em Recife quando cheguei. E na verdade, foi a melhor opção de todas!

Fiquei maravilhada com toda a organização, o cuidado, toda a diversidade de artesanato e com a lindeza das peças. Soube que lá tem mais de 25 mil peças à venda (de todos os preços), produzidas por quase 1.400 artesãos de todas as regiões do estado de Pernambuco.

Com uma área de mais de 2,5 mil m², o espaço traz ambientes decorados para que o visitante possa visualizar a utilização de peças artesanais em espaços como sala de estar, sala de jantar, quarto, entre outros. A loja tem artesanato das mais diversas matérias-primas, como cerâmica, madeira, vidro, metal, renda, têxtil e outros.

Do mezanino temos uma vista maravilhosa do mar e do Parque de Esculturas. A entrada é gratuita e ele funciona de segunda à sábado de 09:00 às 19:00 e domingo de 10:00 às 16:00.

.

3- CAIXA CULTURAL RECIFE

Localizada em frente ao Marco Zero, no Recife Antigo, a Caixa Cultural foi inaugurada em 2012, mas sua construção é datada do início do século XX, onde abrigava o centro econômico e negocial da capital pernambucana. Foi projetado para ser a sede do Bank of London & South America Limited e abrigou a instituição bancária inglesa por mais de sessenta anos.

Foi adquirido pela Bolsa de Valores de Pernambuco e da Paraíba em 1977 e funcionou como sua sede até o ano de 2006, quando foi adquirido pela Caixa Econômica Federal para ser a sede da Caixa Cultural Recife.

Em um espaço que inspira arte, o prédio da Caixa Cultural Recife tem construção arquitetônica estilo eclética. Conta com dois pavimentos de galerias de arte, teatro com 96 lugares, sala multimídia e duas salas para oficinas.

A entrada não é pela frente do prédio da Caixa Cultural, é pela Rua do Bom Jesus, que fica atrás. O funcionamento é de terça a sábado das 10:00 às 17:00 e domingo das 10:00 às 16:00. Entrada gratuita!

.

4- RUA BOM JESUS

Considerada por algumas vezes a rua mais bonita do mundo, a Rua Bom Jesus de fato é maravilhosa.

Nela encontramos diversos pontos turísticos de Recife, como a Embaixada de Pernambuco – Bonecos Gigantes de Olinda, a Sinagoga Kahal Zur Israel, a entrada da Caixa Cultural, além de diversos bares e lojinhas de artesanato. Próximos a ela estão o Paço do Frevo, a Torre Malakoff e o Centro Cultural Cais do Sertão.

Aos domingos, acontece a Feirinha de Bom Jesus, ao lado do Paço do Frevo. Esse é o lugar ideal para comprar lembrancinhas e experimentar diversas comidas típicas em Recife.

Feirinha de Bom Jesus (foto retirada do google)

.

5- EMBAIXADA DE PERNAMBUCO BONECOS GINGANTES DE OLINDA

A Embaixada surgiu da grande necessidade do turismo de Recife e Olinda de possuir um espaço cultural estruturado a receber visitantes que quisessem contemplar a grande magia da nova geração dos Bonecos Gigantes não só no carnaval, mas sim o ano inteiro.

Abriga uma exposição permanente de 63 bonecos gigantes, dentre os 300 existentes desta nova geração que materializa ícones nacionais e internacionais.

A visita é monitorada por um guia que conta a origem dos Bonecos Gigantes além de explicar o processo de confecção e manipulação. O ambiente possui bela cenografia, tem uma loja de souvenires e escritório para a encomendas de miniaturas personalizadas e gigantes. O local também abriga uma réplica do 1º boneco gigante que já foi criado, o Zé Pereira.

Zé Pereira

Funciona todos os dias de 08:00 às 16:00 e a entrada custa R$15 para visitar a Embaixada e pode ter a entrada casada de R$25 para visitar também o Museu da Cultura Pernambucana, onde tem bonecos de cera em tamanho real vestidos tipicamente.

.

6- SINAGOGA KAHAL ZUR ISRAEL

É a primeira sinagoga das Américas, fundada no século XVII, no período da ocupação holandesa em Recife. Atualmente, funciona como centro judaico de Pernambuco, sendo retratado nele um importante período da história de Pernambuco com suas escavações arqueológicas, apresentando o mikvê (banheira para rituais de purificação). Ainda possui exposições e documentos sobre os judeus em Pernambuco.

Sinagoga Kahal Zur Israel

Devido a pandemia, a Sinagoga encontra-se fechada, mas o funcionamento em períodos normais é: dias de semana de 09:00 às 17:00 e aos domingos de 14:00 às 18:00.

.

7- MUSEU PAÇO DO FREVO

O museu é dedicado ao Frevo, a dança típica mais marcante de Recife. Em 3 andares, eles distribuem as exposições em divulgação, pesquisa, lazer e formação nas áreas da dança e música do frevo.

Museu Paço do Frevo

Uma pena que eu só tinha segunda ou terça-feira para visitá-lo e ele só abre na quarta-feira. Dentro é maravilhoso!

Museu Paço do Frevo (foto retirada do google)

.

8- CENTRO CULTURAL CAIS DO SERTÃO

Se você estiver buscando conhecer realmente a cultura de Pernambuco, o Centro Cultural Cais do Sertão não pode faltar no seu roteiro.

Foto: Blog do Didi Galvão

Ele fica situado no antigo Armazém 10 do Porto de Recife e homenageia em grande estilo a obra de Luiz Gonzaga. Exposições temporais focadas na riqueza da cultura nordestina sempre acontecem e são imperdíveis.

Centro Cultural Cais do Sertão (foto retirada do google)

.

9- PASSEIO DE CATAMARÃ

Recife é conhecida como a Veneza Brasileira, exatamente por ser cercada pelo mar e pelos rios Capibaribe e Beberibe. Esses dois rios se encontram e desaguam suas águas no Oceano Atlântico, exatamente no mesmo lugar. Recife também pode ser conhecida como Cidade das Águas.

Um dos passeios mais procurados da cidade, é o passeio de catamarã. A empresa que contratei foi a Catamaran Tours, que possui alguns passeios bem bacanas, como: Tour Recife e seus Bairros, Tour Recife e suas Pontes, Tour Recife iluminado, Catamaran Assombrado e Piratas do Capibaribe.

O passeio que escolhi, vou falar um pouco mais agora:

Tour Recife e suas Pontes – Passeio de barco inesquecível pelas águas do rio Capibaribe, percorrendo as três ilhas do Centro de Recife (Santo Antônio, Recife Antigo e Boa Vista), passando por baixo de cinco pontes (Ponte 12 de Setembro, Ponte Maurício de Nassau, Ponte Manuel Buarque de Macedo, Ponte Princesa Isabel e Ponte Duarte Coelho – Ponte do Galo da Madrugada). Quatro, das cinco pontes, vocês podem conferir nos slides abaixo.

Durante o passeio, os visitantes apreciam belas paisagens de vários pontos turísticos, tais como o Parque de Esculturas de Francisco Brennand (vou mostrar mais no próximo tópico), a Praça do Marco Zero (tópico 1), o Paço Alfândega, o Ginásio Pernambucano, a Assembleia Legislativa, o Teatro de Santa Isabel e o casario da Rua da Aurora. É incrível!

Quase no final do passeio, passamos pelo grafite do Eduardo Kobra, renomado artista brasileiro, que pintou o ícone Gonzagão no prédio da Prefeitura de Recife. O grafite possui 77 metros de altura e é visto de diversos pontos da cidade.

Prefeitura de Recife – Grafite do Kobra

Li um relato em um blog falando que fazer esse passeio não compensava muito porque terminava a noite. De fato termina, mas poder contemplar o pôr do sol a bordo do catamarã é perfeito!

Esse tour pelas pontes de Recife sai todos os dias às 16:00 e tem duração de aproximadamente 1 hora e meia. Custou R$60, mas acho que foi um valor promocional, porque no site está R$65. Na volta, passamos em frente ao Centro Cultural Cais do Sertão, que agora tem um rooftop bem bacana.

.

10- PARQUE DE ESCULTURAS FRANCISCO BRENNAND

Se estiver na Praça do Marco Zero, dê um pulinho no Parque de Esculturas.

Parque de Esculturas visto da Praça do Marco Zero
Parque de Esculturas (foto retirada do google)

Idealizado pelo artista Francisco Brennand, integrando o projeto “Eu vi o mundo… Ele começava em Recife”, foi construído no ano 2000, em comemoração aos 500 anos do Descobrimento do Brasil. O Parque possui 90 esculturas, tendo a Coluna de Cristal (Obelisco, como é popularmente conhecido), a escultura principal do local. Para conhecer o Parque de Esculturas, você precisa atravessar de barquinho, saindo da Praça do Marco Zero.

Vista do Parque para a Praça do Marco Zero

A travessia de menos de 5 minutos, custa R$6 por trecho. Em pouco tempo dá para conhecer tudo. De volta a Praça do Marco Zero, no Recife Antigo, continue o seu tour…

Dentro do Catamarã

Eu conheci o Parque de Esculturas quando fiz o passeio de catamarã. Eles param lá por 10 minutos, e apesar de parecer rápido, deu tempo de ir de uma ponta até a outra e voltar. hahaha

.

PASSEIOS BATE E VOLTA SAINDO DE RECIFE:

– Olinda

– Ilha de Itamaracá

– Gravatá

– Cabo de Santo Agostinho

– Porto de Galinhas

– Praia dos Carneiros

– Maragogi

.

Espero que quando estiver conhecendo Recife, este post possa te ajudar.

No mês que vem, o post é sobre o Centro Histórico de Olinda, cidade vizinha e irmã de Recife.

.


Quer conferir todos os posts de destinos nacionais do Blog? Clique aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.