3 dias em Lisboa – Portugal

Publicado por

Enfim, o tão esperado dia 30 de setembro havia chegado. Estava ansiosa para a minha primeira vez na Europa. Compramos as passagens de ida em dezembro do ano anterior e parece que os dias foram se arrastando até setembro. haha

Sim, compramos ida e volta separadas, apesar de muitas pessoas acharem que fomos loucas. Mas foi a melhor opção, já que não sabíamos ao certo quantos dias a viagem duraria. A passagem de ida custou R$1.211 e achei o valor muito bom perto do que estava pesquisando anteriormente. O voo de volta citei o valor e como foi, neste post sobre Roma.

Optamos ir nesse período, pelo fato de não ser tão calor e nem tão frio, pois era o início do outono. Gosto desse clima porque conseguimos caminhar mais sem ter o desgaste do tempo quente. Acho que a viagem rende mais assim…

MOEDA: euro.

IDIOMA: português.

PERÍODO DA VIAGEM: 01 à 04 de outubro de 2017 – outono.

INTERNET: chip da @easysim4u. Único que pega em mais de 140 países e já chega ao seu destino conectado com internet 4G.

POST >> Abaixo deixo os posts completos das outras cidades portuguesas que passamos nessa Eurotrip:

| SINTRA | ÓBIDOS | FÁTIMA | PORTO |

 

1º dia – IDA DE BRASÍLIA PARA LISBOA e CITY TOUR – BELÉM e BAIRRO ALTO:

Saímos do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek – Brasília (BSB) no voo das 16:55 da cia aérea portuguesa TAP. O voo foi direto de Brasília para Lisboa e durou 09:00. Serviram 2 refeições e achei suficiente. O serviço de bordo da TAP dá show em muitas outras cias aéreas que já viajei e adorei a minha primeira experiência.

Depois do avião balançar muito na descida, devido ao vento, coisa comum na chegada em Lisboa, descemos às 06:00 da manhã (horário de Lisboa) / 02:00 da manhã (horário de Brasília) no Aeroporto Humberto Delgado – Lisboa (LIS). Nesse período da viagem, a diferença do fuso era de +4 horas com relação à Brasília. O desembarque foi bem tranquilo e fomos encaminhadas direto para a Imigração.

A fila estava quilométrica e ficamos mais de 1:30 esperando para sermos atendidas. No guichê, só me perguntaram o período que ficaria, se estava acompanhada de mais alguém e se tinha família em Portugal. Não me pediram nada da pasta cheia de documentos que levei. Mas mesmo assim, é bom estar prevenido. Nunca se sabe se o agente de imigração vai estar querendo virar investigador naquele dia. hahaha

00c
Aeroporto de Lisboa – Imigração

Saindo da Imigração, fomos ver qual seria a melhor maneira de ir para o apartamento que alugamos. Éramos 5 amigas que tinham 9 malas (entre grandes e pequenas). Pegamos 2 taxis e para o nosso espanto, eles cobram a mais pelas malas. Cada taxi ficou por volta de €21.

A reserva da acomodação foi feita pelo booking.com com pagamento no local. Como éramos muitas, reservar apartamentos mobiliados quando íamos ficar muitos dias na cidade, seria a melhor opção. Nossa acomodação em Lisboa foi a Flattered to be in Lisboa, na Av. Almirante Reis, 299. Era um apartamento com 4 quartos, sendo 1 de casal, 1 que cabiam 2 pessoas e outros 2 que eram individuais. 1 sala de jantar com sala de estar conjugada, 1 banheiro comum e 1 banheiro de serviço, 1 cozinha e 1 área de serviço. O custo foi de €450 para 3 diárias com 5 pessoas. A localização é excelente, pois fica a 200 metros da Estação Alameda. Ele é ideal para família e grupos de até 6 pessoas.

Somente deixamos as malas na acomodação, pois, ainda não poderíamos fazer o check in devido ao horário. Bem ao lado da portaria, tinham 2 padarias. Tomamos café da manhã e fomos para a estação. A primeira parada seria a região de Belém.

Pegamos um metro (lê-se metro sem acento mesmo), da Estação Alameda até Belém, com uma baldeação na Estação Cais de Sodré. Super rápido e prático andar de metro em Lisboa. O valor do ticket é de €1,45.

Chegamos em Belém. Nossa primeira parada foi no Padrão dos Descobrimentos, as margens do Rio Tejo. O monumento é o símbolo do passado glorioso que o país teve na época das grandes navegações. Nele está esculpido a estátua de 32 figuras portuguesas importantes, dentre eles Pedro Álvares Cabral, Bartolomeu Dias, Vasco da Gama, Luis de Camões… Ele possui 56 metros de altura e tem detalhes perfeitos em sua construção. É possível subir ao topo e ter uma vista incrível da cidade. Ele funciona de março à setembro, todos os dias das 10:00 às 19:00 (última entrada às 18:30) e de outubro à fevereiro, de terça à domingo das 10:00 às 18:00 (última entrada às 17:30). O bilhete simples custa €5 e para estudantes e maiores de 65 anos custa €2,5. As crianças menores de 12 anos não pagam ingresso.

01
Padrão dos Descobrimentos

Na praça que dá acesso ao Padrão dos Descobrimentos, fica uma Rosa dos Ventos de 50 metros de diâmetro com um mapa ao centro dela com todas conquistas portuguesas no mundo e foi oferecida pela República da África do Sul, como um presente.

DCIM166GOPRO
Padrão dos Descobrimentos – Rosa dos Ventos

Bem próximo ao Padrão dos Descobrimentos está a Ponte 25 de abril, a ponte mais famosa da cidade, que liga Lisboa a cidade de Almada. Com 70 metros de altura e 190 metros de comprimento, teve sua construção encerrada em 1966. É inevitável a comparação da Ponte 25 de abril com a Golden Gate Bridge, ponte que virou cartão postal de San Francisco, nos Estados Unidos. São muito parecidas mesmo!

IMG_8247
Rio Tejo – Ponte 25 de abril

Após o Padrão dos Descobrimentos, seguimos margeando o Rio Tejo até chegar a famosa Torre de Belém, ponto turístico mais famoso de Portugal. Confesso que achava que ela seria maior, mas é linda mesmo assim.

02
Rio Tejo

A Torre de Belém, construída toda em estilo manuelito e com 30 metros de altura, foi considerada uma das 7 Maravilhas de Portugal e também é Patrimônio Mundial da UNESCO. Está situada na margem direita do Rio Tejo e era de lá que partiam as frotas de navegações para as Índias. A riqueza de detalhes da torre é impressionante!

IMG_8270
Torre de Belém – ao fundo, fila para entrar

Não animamos entrar! A fila estava enorme e o calor insuportável. Não estávamos esperando esse calor todo logo no primeiro dia. Essa questão nos atrapalhou um pouco. O ticket para subir custa €6 e pode ser adquirido pela internet também. A Torre de Belém está aberta de terça-feira à domingo de 10:00 às 17:30 (de outubro a abril) e de 10:00 às 18:30 (de maio a setembro), sempre com a última entrada do dia até às 17:00.

DCIM166GOPRO
Torre de Belém

Seguindo o roteiro, paramos no Restaurante Nosolo Itália Belém para almoçar, que fica ao lado da praça do Padrão dos Descobrimentos. Logo após o almoço, seguimos para o Mosteiro dos Jerónimos. No caminho passamos pelo lindíssimo Jardim da Praça do Império, local ideal para sentar e curtir a paisagem. Vale muito a pena!

06
Jardim da Praça do Império

Atravessando a rua está o Museu Nacional de Arqueologia e bem ao lado dele, o famoso Mosteiro dos Jerónimos e a Igreja Santa Maria de Belém.

07
Museu Nacional de Arqueologia

O ticket combinado para os dois é de €12, somente o Mosteiro €10. Como o Museu não nos interessava muito, fomos somente no Mosteiro.

08

DICA: A fila para comprar o ticket, geralmente, é bem extensa no Mosteiro (foto abaixo), por isso, compre o ticket no Museu de Arqueologia, mesmo se não for comprar o ticket combinado.

09
Igreja Santa Maria de Belém e Mosteiro dos Jerónimos

Neste dia, a entrada para a Igreja Santa Maria de Belém era gratuita, então, a conhecemos primeiro e depois seguimos para o Mosteiro.

Logo na entrada, o Mosteiro dos Jerónimos já impressiona todos os visitantes. Os detalhes em sua arquitetura nos fazem ficar por horas e horas admirando cada um deles. Reserve pelo menos 1:30 somente para o Mosteiro. Tenho certeza de que você não vai se arrepender.

IMG_8348
Mosteiros dos Jerónimos – entrada

O Mosteiro dos Jerónimos ou Mosteiro de Santa Maria de Belém, demorou séculos para terminar de ser construído, passando pelo reinado de diversos reis de Portugal.

12a
Mosteiro dos Jerónimos – dentro
IMG_8354
Mosteiro dos Jerónimos – dentro

Em 2007, ao lado da Torre de Belém, foi considerado uma das 7 Maravilhas de Portugal e Patrimônio Mundial da UNESCO em 1983.

DCIM166GOPRO
Mosteiro dos Jerónimos – 2º andar

Saindo do Mosteiro, descendo a rua que fica entre o Mosteiro e a Praça do Império, está a conhecidíssima Pastéis de Belém. Pioneira na fabricação dos famosos pastéis de nata portugueses, tem a mesma sede desde 1837. Os pastéis de nata fazem os turistas irem a loucura e a formar filas grandes na frente somente para ter o gostinho de comprar um pastel, nem que seja para provar. E lembre-se: pastel de Belém tem somente na Pastéis de Belém, nos outros lugares são chamados de pastéis de nata.

A cafetaria tem outros diversos tipos de delícias no cardápio, mas o campeão sempre será o pastel de Belém. O valor unitário é de €1,10 e você pode comer quentinho na cafeteria ou levar para deliciar no hotel.

Seguindo o roteiro, saímos da região de Belém e pegamos um metro até a Estação Baixa-Chiado,  descendo em frente à Praça Luis de Camões.

15b
Praça Luis de Camões

Subindo o Bairro Alto, íamos tendo um banho de história, passando pelas vielas e pelos Elétricos de Lisboa. Parece muito cenário de filme!

15
Bairro Alto – ao fundo, Praça Luis de Camões
16
Bairro Alto

Na subida, paramos para tirar muitas fotos no Elevador da Bica, datado de 1892, que estabelece a ligação entre o Largo do Calhariz até a Rua de São Paulo e foi considerado Monumento Nacional em 2002. Sem dúvida, é o funicular mais fotografado de toda Lisboa. Ao fundo da rua, podemos ter uma belíssima vista do Rio Tejo.

unnamed (4)
Elevador da Bica – Bairro Alto

Depois, fomos até o Miradouro Santa Catarina para receber de presente o primeiro pôr do sol da nossa Eurotrip. Foi lindo! Reparem por outro ângulo a Ponte 25 de abril.

unnamed (5)
Miradouro Santa Catarina

Na volta, passamos no mercado, fizemos umas comprinhas para levar para o apartamento (excelente maneira de economizar) e alugamos um tuk tuk que nos deixou na porta de onde estávamos hospedadas. O motorista cobrou €5 por pessoa, mas o percurso seria bem longo a pé, então valeu a pena a emoção. hahaha

DCIM166GOPRO
Bairro Alto – Tuk Tuk

Nesse dia fomos dormir cedo, já que estávamos a mais de 24h acordadas.

 

2º dia – CONHECENDO SINTRA:

O segundo dia foi dedicado a conhecer a vila de Sintra. Cheia de castelos, palácios, belos jardins e muita história. Para conferir o post completo sobre a nossa passagem pela cidade, é só clicar aqui!

unnamed

 

3º dia – CITY TOUR – Elevador da Santa Justa, Praça do Comércio, Convento do Carmo, Sé de Lisboa, Miradouros, Panteão Nacional, bairro de Alfama, Oceanário de Lisboa e Time Out Market:

O terceiro dia começou bem cedinho. Dessa vez seguimos a pé do nosso apartamento. Passamos pela Praça da Figueira e também pela Praça D. Pedro IV.

21
Praça D. Pedro IV

Mas o nosso destino era mesmo o Elevador da Santa Justa, que fica nas imediações da Praça do Comércio, principal praça de Lisboa.

DCIM167GOPRO
Elevador da Santa Justa

O elevador tem 45 metros de altura, funciona de 07:00 às 22:45 e custa €1,50 (você deve avisar que quer acessar somente o miradouro, coisa que não fiz e acabei pagando €5,15 por causa dessa distração). Ele é usado como meio de transporte, pois, liga a Cidade Baixa até a Cidade Alta.

DCIM167GOPRO
Elevador da Santa Justa – vista panorâmica

Aproveitando que já estava por ali, dei uma chegadinha até o Convento do Carmo, que foi construído em 1389 e ficou em ruínas depois de um terremoto em 1755 (assim como grande parte de Lisboa). Acredita-se que este tenha sido o terremoto mais forte da história do velho continente. Portugal sempre foi um país muito religioso e por uma infeliz coincidência, o terremoto aconteceu em 1º de novembro, Dia de Todos-os-Santos na Igreja Católica. Nesta data, costuma-se lembrar os entes já falecidos, sendo assim, as igrejas estavam cheias e muitas velas estavam acesas. Por conta disso, um grande incêndio teve início e logo em seguida o terremoto, agravando ainda mais as proporções do desastre.

23
Convento do Carmo

Apesar da tragédia, o convento acabou ficando com uma estética interessante, com arcos erguidos para o nada, com vista para o céu. Infelizmente não pude tirar fotos na área interna por que estavam organizando tudo para um concerto que aconteceria a noite. Saindo do Convento do Carmo, retornei ao Elevador para descer para a Cidade Baixa e seguir para a Praça do Comércio, que fica às margens do Rio Tejo. Do Elevador até a Praça do Comércio não caminhamos mais que 10 minutos. É bem perto!

DCIM168GOPRO
Praça do Comércio – Terreiro do Paço

Chegamos a Praça do Comércio ou Terreiro do Paço (como é conhecida pelos portugueses), uma das maiores praças da Europa. Gigantesca! Rodeada por restaurantes, monumentos históricos e prédios governamentais, foi o local onde se encontrava o Palácio dos Reis de Portugal, que também foi totalmente destruído no terremoto de 1755.

25
Rio Tejo

Bem em frente a Praça está o Rio Tejo, com toda a sua beleza, ao centro a escultura de D. José I e do outro lado, em frente ao Rio Tejo o Arco Triunfal da Rua Augusta, que pode-se subir até o topo, tendo uma vista incrível de todo o Terreiro do Paço por apenas €2,50. A vista é de 360º e dizem que é de tirar o fôlego!

Saindo da Praça do Comércio e passando por baixo do Arco Triunfal da Rua Augusta, encontramos diversos tuk tuks oferecendo um serviço para visitar a parte mais alta de Lisboa, que iria necessitar mais esforço físico de nós. Nos foi oferecido 1 hora de tour que passava por lugares históricos e miradouros. O tour custava €10 por pessoa e a motorista era uma brasileira simpática. A empresa de tuk tuk é do jogador português Cristiano Ronaldo, que atualmente joga no time Real Madrid, da Espanha.

IMG_9152
Tuk Tuk do Cristiano Ronaldo

O tour sai da região do Arco da Rua Augusta, passa em frente ao Pestana CR7 Lisboa, hotel de propriedade do jogador e então segue para a Sé de Lisboa, também conhecida como Igreja de Santa Maria Maior, que é a sede do patriarcado de Lisboa e da Paróquia da Sé, com construção datada de 1147. O interior da Sé é incrível. Cada detalhe maravilhoso!

Da Sé, seguimos para o Miradouro Portas do Sol, simplesmente a vista mais sensacional que tive de Lisboa. O local tem várias cafeterias e barzinhos para quem quiser sentar e admirar a vista. No dia do tour, estava muito quente, mesmo assim, tinham muitos admiradores.

unnamed (2)
Miradouro Portas do Sol

Bem à direita do Miradouro Portas do Sol, subindo as escadas, pode-se ter uma vista de um ângulo mais alto, no Terraço do Miradouro de Santa Luzia.

unnamed (1)
Miradouro de Santa Luzia

Voltamos para o tuk tuk e agora foi a vez de conhecer outro miradouro da capital portuguesa. O Miradouro Nossa Senhora do Monte, fica situado em frente a Capela de Nossa Senhora do Monte e tem uma vista linda a esquerda do Castelo de São Jorge, da Ponte Vasco da Gama e de uma grande parte do Rio Tejo, e a direita, o bairro da Graça.

DCIM168GOPRO
Miradouro Nossa Senhora do Monte – lado esquerdo
DCIM168GOPRO
Miradouro Nossa Senhora do Monte – lado direito

Depois dos belíssimos miradouros, fomos conhecer o Panteão Nacional, mas no caminho, passamos pela interessante Feira da Ladra, que nada mais é, que a feira de objetos usados mais popular de Lisboa. Dizem que se garimpar bem, pode-se encontrar artigos novos e semi-novos também.

Chegando ao Panteão Nacional, que ocupa o edifício originalmente destinado para a Igreja de Santa Engrácia, ficamos encantadas com a imponência do prédio. Os detalhes são encantadores! O Panteão abriga túmulos de famosas figuras portuguesas como: a cantora de fado Amália Rodrigues, o descobridor do Brasil – Pedro Álvares Cabral, o navegador Vasco da Gama, o jogador Eusébio do Benfica e muitos outros. A entrada custa €4 e ele funciona de terça-feira a domingo, das 10:00 às 17:00.

DCIM168GOPRO
Panteão Nacional

Após o Panteão, fomos conhecer Alfama, o bairro mais antigo de Lisboa. Conhecido pelas suas ruelas e restaurantes maravilhosos, Alfama ganhou meu coração. Uma pena termos chegado tarde, já beirava às 15h. Queríamos almoçar, mas a maioria dos restaurantes só ficaria aberto até este horário. Depois de muito procurar, achamos um restaurante para comer. Comerciantes educados são raridade em Portugal. Eles literalmente acham que estão fazendo um favor te vender algo. Atitude totalmente diferente aqui do Brasil.

IMG_9176
Alfama

Logo após o almoço, fechamos uma corrida com um motorista de tuk tuk que estava em Alfama, para nos levar até o Oceanário de Lisboa. A locomoção era bem longa, então combinamos o preço antes de sair. Ele nos cobrou €6 por pessoa. A parte onde fica o Oceanário, o Parque das Nações, é um cenário bem diferente da Lisboa antiga que presenciamos no centro. A região é moderna, linda e limpa, além de ser margeada pelo Rio Tejo.

31

Chegamos ao Oceanário de Lisboa, o melhor do mundo, segundo alguns sites. É um aquário público e instituição de pesquisa sobre Biologia Marinha e Oceanografia. Compramos o ticket na bilheteria mesmo: €15 para exposição permanente e €18 para exposição permanente + temporária. Fica aberto todos os dias, das 10:00 às 18:00. As filas são bem rápidas, o lugar é todo hi-tech desde a entrada, por esse motivo, estava curiosa de como seria a parte de dentro.

38
Oceanário de Lisboa – bilheteria

Ao entrar, somos surpreendidas com a impressão de estar dentro do aquário com os peixes. O gigantesco aquário do Oceanário é de tirar o fôlego e de se admirar por horas. Sentei, levantei, andei e não conseguia tirar os olhos dos peixes no aquário.

32
Oceanário de Lisboa

A variedade de vida marinha presente no mesmo local é surpreendente. Ir ao Oceanário de Lisboa é uma tarefa para um período inteiro do dia (manhã ou tarde).

35
Oceanário de Lisboa – tubarão

Vale a pena se perder e do nada dar de cara com pinguins fofos, águas vivas, estrelas do mar… tudo separado por sessões. É muito interessante! Não deixem de conferir.

36
Oceanário de Lisboa – pinguins
35a
Oceanário de Lisboa – arraias

No final ainda encontramos essa exposição de animais marinhos construídos com garrafas pet.

O Parque das Nações, como contei anteriormente, fica em uma parte super desenvolvida de Lisboa. Bem próximo ao Oceanário, você também pode andar de Teleférico (Telecabine Lisboa) e ter uma vista incrível do Rio Tejo e da Ponte Vasco da Gama. O teleférico está aberto todos os dias de 10:30 às 20:00 e custa €5,90 (ida e volta) para pessoas de 13-64 anos, €3,35 para crianças de 7-12 anos e crianças de 0-6 anos não pagam.

39
Telecabine Lisboa

Após uma volta pelo Parque das Nações, procuramos taxis, mas não passava nenhum. Resolvemos pedir um uber (lê-se pagar iof) e ir conhecer o Time Out Market Lisboa, mais conhecido como Mercado da Figueira, o mais tradicional da capital portuguesa. O Mercado fica aberto de domingo à quarta-feira de 10:00 à 00:00 e de quinta-feira à sábado de 10:00 à 02:00.

DCIM168GOPRO
Time Out Market Lisboa – Mercado da Figueira

Nele encontramos uma variedade gigantesca de comidas típicas e não típicas. Comida japonesa, comida típica portuguesa, hambúrguer gourmet, vários tipos de gelatos e sobremesas. Enfim, o mercado é uma excelente pedida, pois, agrada a todos os gostos em um só lugar..Antes das 21:00 voltamos para o nosso apartamento.

No dia seguinte partimos em uma road trip de 2 dias por Portugal, passando pelas cidades de Óbidos, Fátima, Coimbra e Porto.

 

POST >> Vai conhecer Portugal e precisa alugar um carro? No começo desse post eu conto como foi a nossa experiência dirigindo pelas estradas portuguesas. Confira!

4 comentários

  1. Pam, que tudo esse roteiro!!!! Portugal me atrai pela arquitetura e história e isso não faltou. Pretendo conhecer no ano que vem e já vou deixar salvo seu post. Ah, e esse pastel??? Não vejo a hora de provar hahaha. Obrigada por compartilhar!!!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Luuuu, que ótimo que você gostou! Eu desde sexta tô montando tudo pra poder soltar hoje. Ainda bem que deu certo!
      Portugal foi um dos países que mais amei conhecer! Vocês vão ficar vidrados… contem comigo pro que precisarem!
      O pastel é delicioso, é aquele doce na medida certa, nem pra mais e nem pra menos. Amei! Mas tem que ser o legítimo, na Pastéis de Belém.

      Curtido por 1 pessoa

  2. Parabéns pelo blog, Pammica! Nunca vi alguém descrever tanto uma viagem, muito bom para quem estiver indo, ou querendo ir, a Lisboa. Vale muito as dicas!
    No dia que for para lá vou vir aqui ler novamente hehehe

    Sucesso!
    Beijos, gila.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Giloca, fico tão feliz em ler isso…
      O intuito do blog é ajudar as pessoas na parte mais difícil da viagem, que é justamente programar o roteiro.
      Senti que faltava muita informações nos blogs que eu pesquisava. Então, juntei isso aos meus relatos, pq acho que vai facilitar a vida de muita gente.

      Quando precisar de algo, conte comigo! Vc sabe!
      Obrigada! Beijão!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.